Aprenda a utilizar o sensor óptico-reflexivo TCRT5000 com Arduino.

Font Size

Fala galera, tudo beleza? Estamos de volta para continuar nossos posts sobre os simples sensores, mas íncriveis em suas aplicabilidades.
O cara de hoje é o TCRT5000, ou simplesmente Sensor óptico-reflexivo, que é composto por um emissor infravermelho e um fototransistor, que ao receber a “reflexão” da emissão luminosa do infravermelho, ativa o fototransistor.

Particularmente, é um sensor bacana de se trabalhar, e possui aplicabilidade em diversas áreas como sistemas de segurança, robôs seguidores de linha, contadores digitais, entre outros. Fica tudo à sua livre imaginação. 😀

Algumas descrições técnicas sobre ele:

Dimensões: 10,2mm x 5,8mm x 7mm;

Detecção: Fototransistor;

Limiar de operação: 2,5mm;

Maiores informações técnicas podem ser encontradas aqui no Datasheet.

Desenvolvimento:

O projeto de hoje baseia-se em um sistema de detecção de objetos e/ou pessoas, com resposta local – via Serial Monitor, e externa via LED’s.

Hoje você aprende a utilizar o sensor óptico-reflexivo TCRT5000 – com Arduíno, pra dar aquele buuum  no seu projeto.

Materiais utilizados:

Montagem:

 

Fonte: RenatoReis

Fonte: RenatoReis

 

 

 

 

 

 

Obs: Não há o pacote do TCRT5000 no software Fritzing, portanto só seguir o esquema de montagem da imagem – e adicionar os DOIS LED’s.

Código Comentado:

Resultado:

 

 

Não percam o próximo post – Aprenda utilizar o sensor MQ2 – com Arduíno!

Opniões? Dúvidas?Sugestões de projetos?Deixem nos comentários abaixo!

O mais breve responderemos!

CYA! 😀

 Iago Pereira
Estudante de Engenharia Biomédica, da Universidade Federal de Uberlândia e entusiasta do DIY (Faça você mesmo).     13659115_1230779230275274_4804806319338696218_n

Sou fã e me espelho no jeito visionário do Elon Musk e dele vem minha frase favorita:

“Fracasso é uma possibilidade por aqui. Se as coisas não estão fracassando, você não está inovando o suficiente.”

 

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Share this post

Iago Pereira

Estudante de Engenharia Biomédica, da Universidade Federal de Uberlândia e entusiasta do DIY (Faça você mesmo). Sou fã e me espelho no jeito visionário do Elon Musk e dele vem minha frase favorita: “Fracasso é uma possibilidade por aqui. Se as coisas não estão fracassando, você não está inovando o suficiente.”

No comments

Add yours

Gostou? Nos ajude a espalhar a cultura da robótica por todo lugar!